domingo, setembro 24, 2017
Home » Windows » Server » Analisando Remotamente um Servidor Windows Server 2003/2008 utilizando o Data Deduplication

Analisando Remotamente um Servidor Windows Server 2003/2008 utilizando o Data Deduplication

Neste artigo iremos mostrar como realizar uma análise remota em servidores Windows Server 2003 e 2008 utilizando o Data Deduplication do Windows Server 2012R2.

Solução

Iremos adicionar a Role Data Deduplication no servidor que já tem o Windows Server 2012R2 instalado, clique em Add roles and features.

Localize o item File and Storage Services, selecione Data Deplucation, clique em Next e depois em Install, após a role ter sido instalada, o servidor deverá ser reiniciado.

Após o servidor ter sido reiniciado, iremos executar o seguinte comando para analisar um servidor de arquivos que está executando o Windows Server 2008R2 e o tamanho da partição E: é de 690GB.

Lembrando que não é possível fazer deduplicação em partição no formato ReFS, na partição C, e em arquivos criptografados.

ddpeval \\ipdoservidorremoto\E$ /o:c:\temp\dedup.txtimage3

Ao término da análise o log foi salvo no c:\temp e o resultado segue abaixo:

No servidor analisado, a economia de espaço em disco foi de 14.64GB e o percentual foi de 43%.

image4

Ao realizarmos essa análise, teremos em mãos argumentos para informar a Gerência de TI que caso seja aprovada a migração para Windows Server 2012R2 e habilitado o recurso de deduplicação, a economia de espaço em disco neste momento será de 14.64GB e conforme o ambiente for crescendo poderemos economizar mais espaço, pois não teremos mais arquivos duplicados.

Conclusão


Neste artigo, vimos como realizar uma análise remota utilizando o recurso de Data Deduplication presente apartir do Windows Server 2012.

Sobre Rafael Bandeira de Oliveira

Rafael Bandeira de Oliveira, tem mais de 10 anos de experiência na área de TI, tendo atuado com suporte técnico e infraestrutura. Contribuo com a Comunidade Microsoft escrevendo artigos e tutoriais no AndersonPatricio.org, PuraInfo e no meu perfil no linkedin. Possuo as seguintes certificações: ITIL Foundation, MCP, ISO 2000 (Exin), Cloud Computing Foundation (Exin), ISO 27002 (Exin) com essas certificações da Exin + ITIL obtive o título de EXIN Certified Integrator Secure Cloud Services. Atualmente é Analista de Infraestrutura Sênior Microsoft.

Veja também!

Dar permissão mínima a um usuário restrito para ser capaz de ingressar uma estação de trabalho em um Domínio

Neste Tutorial vamos mostrar como dar o mínimo de permissão para ingressar uma estação de …

Este artigo lhe foi útil? comente e ajude outros acrescentando seu ponto de vista!