domingo, setembro 24, 2017
Home » Linux » Minhas impressões sobre o Ubuntu 11.04

Minhas impressões sobre o Ubuntu 11.04

Introdução e Instalação

Bom, após testar o Ubuntu 11.04 no CD e ver que o sistema está muito bonito, leve e funcional, resolvi instalá-lo. Vamos aos comentários:
A instalação ocorreu muito bem, opções simples, precisas e acima de tudo transparentes. Durante a instalação selecionei que fosse baixando as atualizações automaticamente, me arrependi depois, pois na minha conexão de 2MB demorou alguns longos minutos a mais durante os downloads.
Instalação concluída, sistema atualizado e…… primeiro problema: Rede Wireless não ativada. Tentei olhar em  sites de buscas, e até mandar e-mails para alguns grupos de discussão que participo, como estava com pressa para usar, resolvi refazer o processo de instalação, contudo sem selecionar os updates automáticos e…. problema resolvido! A rede wireless funcionando perfeitamente. Agora nas próximas atualizações eu verifico uma a uma e mato o problema.

 

Unity

Ao instalar o Ubuntu, o próprio sistema detectou o hardware do meu Pavilion Dv4 1430us e viu que era possível a utilização do Unity.
O Unity tem vários pontos bons, como barra lateral funcional parecida com a dock do Mac e com a barra de tarefas do Seven, colocando os icones com as janelas abertas, muito bom. Com um pouco de uso já pude gostar da unificação da barra de titulo das janelas com a barra de programas superior, isto realmente me fez notar o melhor aproveitamento da tela,
Eu, como usuário que está aprendendo o Terminal e o Shell, e brinca um pouco com o Gnome, estranhei um pouco o Unity na questão de digitar o nome do programa para localizá-lo, assim como no Seven. No Seven não tenho este problema pois conheço todos os programas e seus nomes. No Ubuntu, assim que eu aprender os nomes, creio que isto estará resolvido. Para remediar, voltei ao bom e velho Gnome clássico versão 2 pois conheço todos os poucos menus e me dou muito bem. As opções de Gnome, Unity, etc, podem ser escolhidas na tela de logon, após escolher o usuário, antes de colocar a senha. Vou me informar sobre o Gnome 3 e ver se faço o update.

Ubuntu x Seven

Bom, possuo os 2 sistemas em dualboot, estou testando ambos e já consigo retirar algumas poucas conclusões:

O Ubuntu possui um gerenciador de boot (Grub) e um gerenciador de discos (Gparted) que fazem inveja aos do Seven, pelo menos para usuários finais e tarefas “básicas”, não consegui redimensionar meu disco NTFS pelo Seven, já pelo Gparted obtive êxito. Ponto pro Ubuntu.

Ao instalar o Ubuntu, já veio instalado alguns programas como firefox, Evolution e Banshee, porém, no Windows já vêem também Internet Explorer, Windows Media Player e Windows Mail (pelo menos no Vista), então, ponto pra nenhum.

Ao instalar o Ubuntu sem conexão com a internet, nenhum codec veio disponível, nem minhas músicas MP3 consegui ouvir, já no Windows, vários formatos são reproduzidos. Ponto pro Windows.

O Windows tem Aero, transparências, ícones bonitos, etc. O Ubuntu tem Unity, ícones também muito bem feitos. Ponto pra nenhum.

Após a instalação, o Ubuntu, com vários programas já inclusos, consumiram 2,4GB, já o Windows com LibreOffice e companhia, passa fácil dos 10GB. Ponto pro Ubuntu.

O Windows, após instalado, consome um mínimo de 1000MB de RAM. O Ubuntu consome 288MB, isso com o Libre Writter aberto. Ponto pro Ubuntu.
O Ubuntu é Grátis, o Windows Não. Ponto pro Ubuntu.

O Windows ainda tem softwares únicos, sem concorrência pra Linux. Ponto pro Windows

O Windows ainda reina nos games. Ponto pro Windows.
Ubuntu tem updates centralizados, central de programas. Windows tem só Updates. Ponto pro Ubuntu!

Bom, já deu pra ter uma ideia, algumas nem são novidades, mas, vale pra ressaltar. Fico por aqui e vou colocando minhas experiencias conforme forem aparecendo.
Até a próxima.

Sobre Diego Duarte

Diego Duarte Atua como coordenador de NOC, toca um violãozinho nas horas vagas e tenta eternamente entender o que o fez escolher TI

Veja também!

Logo Powershell

Convertendo Powershell Scripts em Executáveis (ps1 para exe)

Olá, Pessoal A dica de hoje pode facilitar a vida de quem deseja automatizar tarefas …

Este artigo lhe foi útil? comente e ajude outros acrescentando seu ponto de vista!