terça-feira, setembro 19, 2017
Home » Linux » Atualizando Ubuntu 11.04 para Kernel 3.0

Atualizando Ubuntu 11.04 para Kernel 3.0

Para atualizar o kernel do Ubuntu 11.04, vá ao site:

http://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v3.0-oneiric/

*cujo kernel ja foi homologado 100% para o Ubuntu 11.10 Oneiric, estando em testes ainda.

 

E baixe os seguintes arquivos:

Para 32 bits:

linux-image-3.0.0-0300-generic_3.0.0-0300.201107220917_i386.deb,

linux-headers-3.0.0-0300-generic_3.0.0-0300.201107220917_i386.deb

linux-headers-3.0.0-0300_3.0.0-0300.201107220917_all.deb.

Para 64 bits:

linux-image-3.0.0-0300-generic_3.0.0-0300.201107220917_amd64.deb

linux-headers-3.0.0-0300-generic_3.0.0-0300.201107220917_amd64.deb

linux-headers-3.0.0-0300_3.0.0-0300.201107220917_all.deb.

Coloque todos os seguintes arquivos dentro de um diretório específico como em /tmp/kernelupgrade/ (se não existir, vc terá que criar com o comando mkdir /tmp/kernelupgrade), e entre com o seu terminal (CONTROL + ALT + T), e digite o seguinte comando para instalar:

#cd /tmp/kernelupgrade

#dpkg -i *deb

Quando for concluída a instalação sem erros, apenas verifique no seu diretório /boot, se existe os seguintes arquivos:

config-2.6.38-8-generic
initrd.img-3.0.0-0300-generic
vmlinuz-3.0.0-0300-generic

Agora, basta apenas reiniciar a sua máquina com o comando:

#shutdown -r now

ou apenas o comando reboot

 

Após o seu sistema for reinicializado, digite o comando: uname -r , para verificar o kernel que o Ubuntu esta usando.

Instalação Concluída.

Fico por aqui e até a próxima pessoal!

Sobre Diego Duarte

Diego Duarte Atua como coordenador de NOC, toca um violãozinho nas horas vagas e tenta eternamente entender o que o fez escolher TI

Veja também!

Usando o Wunderlist no Linux com WunderlistUX

Um dos programas que uso diariamente e não queria abrir mão é o Wunderlist. Estou habituado com simplicidade e já o tenho sincronizado em todos os devices que uso. Como a versão para Windows 7 não está mais disponível no site oficial para Download (iria emular via Wine), me restaram duas opções: Usar a versão WEB ou procurar um software openSource que use a API deste prático gerenciado de tarefas.

Este artigo lhe foi útil? comente e ajude outros acrescentando seu ponto de vista!