quinta-feira, setembro 21, 2017
Home » Backup » Backup – Parte I

Backup – Parte I

O que é Backup?

 Backup nada mais é do que uma cópia de segurança, que entrará em funcionalidade caso os dados originais sofrão algum dano como perda, alteração inadequada, ou um desastre.
 

Recuperação de desastres

A recuperação de desastres é o processo que permite a continuidade das operações comerciais normais o mais rápido possível após um desastre. Ela busca restaurar os dados e serviços ao estado em que estavam antes do desastre.

Considerações

Para cada SO e aplicativo que você introduzir em seu ambiente, responda as seguintes perguntas sobre recuperação de desastres:

Gerais:

+ Quais são os possíveis cenários de falha?

+ Que dados são críticos?

+ Com que frequência você executa backups?

+ Em quanto tempo você salvará os backups?

+ Com que rapidez os dados devem ser restaurados do backup para que o tempo de inatividade não supere um limite aceitável?

+ Onde você armazenará os backups para permitir o acesso pelas pessoas certas?

+ Se o administrador de sistemas responsável já tiver saído, quem sabe as senhas e os procedimentos para executar backups e, se necessário, restaurar o sistema?

 Hardware:

 + Quantos, de que tipo e onde estão os componentes individuais do computador, como discos rígidos, cotroladores, processadores e RAM?

+ Quantos, de que tipo e onde estão os componentes externos, como roteadores, switchs, cabos e conectores?

+ Os Serviços e hardwares críticos são redundantes?

 Restauração de Dados

 + Para que dispositivos de armazenamento você enviará o backup?

+ Quando você executará os backups – enquanto os usuários estiverem trabalhando ou quando o sistema estiver offline?

+ Os backups serão automáticos (agendados) ou manuais?

+ Em quanto tempo você salvará os backups?

+ Com que frequência os dados críticos são atualizados?

 Teste

 + Como você verificará os backups automáticos?

+ Como você garantirá a usabilidade dos backups?

Possíveis Dúvias

+ Quais são os possíveis cenários de falha?
R. Todos os cenários possíveis, falhas de HD, de Switch, placas de Rede, etc. Todos as falhas de cada empresa. Enchentes, fogo, e furtos também se enquadram.

+ Que dados são críticos?
Dados cruciais para a empresa, Ex. Banco de dados da empresa, onde contém todos os arquivos de todos os clientes. Ou os documentos de negociações do gerente, onde os dados que caso caiam em mãos erradas, podem causar danos à empresa e à seus clientes.

+ Com que frequência você executa backups?
Cada Empresa tem uma rotina de bkp. Geralmente faz um bkp normal no fim de semana (pq caso der falha de bkp na sexta, pode-se concertar a falha no sabado e no domingo, para que segunda esteja ok), nos demais dias, faz-se um bkp incremental (mais rápido e menor, porém demora mais para restaurar, devido ao numero de bkps), ou diferencial(maior e mais demorado, porém mais rápido para restaurar, pois tem menos numeros de midias), enfim, cada cenário de ser avaliado.

+ Com que rapidez os dados devem ser restaurados do backup para que o tempo de inatividade não supere um limite aceitável?
R. Depende da empresa. Ex. O Bar do Zé perdeu os dados dos clientes, e deve-se restaurar o bkp. Pode-se usar 5h ou dia inteiro, que o máx. que irá acontecer é o Zé não lembrar de quanto o Tonhão está devendo. Já no Caso de uma multinacional, cada hora de sistema parado é hora de multa caríssima, então a equipe envolvida no bkp, deve ter o bkp em mãos o mais

rapido possivel.

+ Onde você armazenará os backups para permitir o acesso pelas pessoas certas?
Em um lugar seguro, como armários com chave, cofres, casa do dono da empresa, e assim por diante.

+ Se o administrador de sistemas responsável já tiver saído, quem sabe as senhas e os procedimentos para executar backups e, se necessário, restaurar o sistema?
R. Quem o Administrador tornar resp. Geralmente os Adminstradores deixam uma cópia das senhas em um envelope lacrado com o diretor da empresa. Caso ocorra algo com o adm. O gerente rompe esse lacre e passa para o prox. Adm.

Nas próximas partes teremos conceitos de backups Integrais, diferenciais, etc…

 

Até a próxima

Sobre Diego Duarte

Diego Duarte Atua como coordenador de NOC, toca um violãozinho nas horas vagas e tenta eternamente entender o que o fez escolher TI

Veja também!

Verificando o status do serviço Volume Shadow Copy Service (VSS)

Neste Tutorial vamos mostrar como checar o status do serviço Volume Shadow Copy Service (VSS). …

Este artigo lhe foi útil? comente e ajude outros acrescentando seu ponto de vista!