terça-feira, novembro 21, 2017
Breaking News
Home » Artigos » Nostalgia – A história do Winamp

Nostalgia – A história do Winamp

Saudações, pessoal

Em uma época em que não haviam Spotify, Deezer e Google Play Music, aqueles que queriam ouvir um som no PC tinham que recorrer aos Media Players (programas especializados na reprodução de áudio e video) e obter nossas musicas favoritas ainda dependia de uma internet discada, ripadores de CD e e baixar aqueles mp3 em KazaA, eMule, Shareaza e etc..

Quem é da velha guarda da TI certamente lembra da guerra dos media players, onde tínhamos Winamp, Windows Media Player, Monkey Player, iTunes, Songbird e outros concorrendo pela liderança

Em minha opinião, o Winamp levava a melhor, seja no quesito leveza (muitos MB a menos que iTunes, por exemplo), consumo de RAM, recursos e claro.. os tão bem lembrados Skins e plugins, que adicionavam novas funcionalidades :)

Neste artigo vamos relembrar um pouco da história e até mesmo fornecer alguns links, caso você deseje baixar e relembrar.

O que é (ou era) o Winamp?

Winamp é um reprodutor de mídia para PCs baseados em Windows desenvolvido pela Nullsoft, atualmente uma subsidiária da AOL. lançado como freeware, expansível com plug-ins e skins (capas), e é notório por seus recurso de visualização gráfica sonora, playlist e biblioteca de mídia.

O Winamp foi originalmente desenvolvido por Justin Frankel e Dmitry Boldyrev, e ele se tornou popular rapidamente, ao longo da tendência de desenvolvimento do compartilhamento de arquivos MP3.

Em 20 de novembro de 2013, a AOL anunciou que o Winamp.com será desativado no dia 20 de dezembro de 2013, quando o aplicativo não será mais disponibilizado para download e a empresa não oferecera suporte após esta data. No dia seguinte, um rumor apontou que a Microsoft estava conversando com a AOL sobre a aquisição da propriedade intelectual do Winamp e Shoutcast. Uma campanha online se iniciou pedindo a AOL que continue o desenvolvimento do Winamp ou que lance em código aberto. Em 6 de Janeiro de 2014, foi anunciado que a empresa belga de streaming de rádio Radionomy comprou a Nullsoft, e com ela adquiriu os direitos do Winamp e do SHOUTcast. O montante investido não foi divulgado.

Versões do Winamp

Winamp 0.x

As primeiras versões do Winamp de testes eram somente distribuídas entre amigos, mas hoje na Internet é possível encontrar estas versões “secretas”. A versão 0.2a tinha o nome WinAMP 32 (Esta versão veio em Abril de 1997), e este “32” era referente a 32bits para avisar usuários do Microsoft Windows Versões 3.xx de que este programa era compatível apenas com as versões Windows 95 e Windows NT. Sem interface gráfica, seu único trabalho era decodificar o som MPEG e jogá-lo para o mixador de som do sistema. As próximas versões da série 0.x já vinham com seu próprio mixador de som, equalizador, interface, etc.

Winamp 1.x e Winamp 2.x

A primeira versão própria para uso comum batizada de Winamp (Esta primeira versão veio em Maio de 1997) foi criada para executar de forma rápida arquivos de áudio MPEG1 em suas 3 primeiras camadas, chamadas de MP1, MP2 e MP3, somente a última ficou popular por conter algoritmos com alto grau de compressão de áudio, o Winamp foi o primeiro tocador de MP3 do mundo. Com o sucesso da 1ª versão, foi lançada a versão 2, chamada basicamente de Winamp 2, que tornou o programa popular (na mesma época que viu o sucesso do programa Napster), as seguidas revisões da segunda versão trouxeram evoluções como suporte a plugins e skins.

Winamp 3

A próxima grande revisão do Winamp veio com a versão Winamp3 (apresentada com o número de versão condensado ao nome como uma maneira de incluir o termo “mp3” no nome do programa, Winamp3), lançada em 9 de agosto de 2002, se tratava de uma reconstrução completa da segunda versão e baseou-se em uma arquitetura que recebeu o nome Wasabi e oferecia maior funcionalidade e flexibilidade.

Essa maior possibilidade de recursos custou parte da leveza e simplicidade que atraiu muitos usuários ao programa, além de perder alguns recursos no processo de transição e uma incompatibilidade com parte dos vários skins e plugins existentes, incluindo a criação de SHOUTcasts. Assim, muitos usuários do Winamp continuaram (ou voltaram) ao Winamp 2.

Em pouco tempo a Nullsoft voltou seus esforços para o Winamp 2, considerada por muitos como mais estável, lançando as atualizações finais nas versões 2.91 e 2.95.

Muitas pessoas indignaram-se com a empresa por não ter dado sequência ao desenvolvimento do Winamp3, mas, alguns programadores e ex-funcionários da empresa resolveram recriá-lo, sob o nome de Wasabi.player,[1] fazendo-o um tocador de mídia igual, mas com correção de bugs, novas funções e software livre.

Winamp 5.x

Com o passar do tempo foi criada a versão 5.0 do Winamp, e logo a seguir a 5.1 que 2005 era a versão mais moderna deste. Nesta versão 5.1, além de suporte a novas formas de skins, foi implementado a função de áudio multicanal (5.1 canais). Em março de 2006, foi lançado a versão 5.2.

Winamp pulou da versão 3 direto para a versão 5. A Nullsoft explicou que o Winamp 5 tem os recursos do Winamp 3, com a simplicidade do Winamp 2, então indicou a seguinte operação aritmética 3 + 2 = 5 como justificativa para o número da versão. Mas os seus usuários até hoje comentam que o salto da versão foi referente ao fracasso da versão 3, e que ir direto à 5, indicava o solto gigantesco de melhorias

Quando foi lançada a versão 5.0 do Winamp, iniciou-se o conceito de versão PRO, que consiste em ser uma versão que tem mais funções do que a versão pública.

Características

As características a seguir são aplicáveis ao Winamp 5.0+:

MIDI, MOD, MP1, MP2, MP3, Ogg Vorbis, WAV, WMA, Chiptunes entre outros.
Suporte a videos AVI, utilizando o recurso DirectShow com seus Codecs e filtros instalados localmente; MPEG; e NSV (Nullsoft Streaming Video, de propriedade da Nullsoft).
Suporte a plugins diversos, como novos formatos suportados, efeitos visuais e sonoros, entre outros
Suporte a Skins antigos (como as do Winamp 0.x, as do Winamp 1.x, as do Winamp 2.x e as do Winamp3) e novos, com diversos recursos visuais, da versão 5.x
Suporte a recursos online de Streaming, tanto no padrão SHOUTcast como AOL.
Suporte a extração de faixas musicais contidas em CDs de áudio para MP3, AAC ou WAV. Apenas disponível na versão PRO.
Suporte a criação de CDs de Música. Apenas disponível na versão PRO.
True alpha channel (transparência)
Suporte a iPod (com plugin externo)

Arquivos suportados

669 APL far m3u MIZ MP4 nst ptm stm WAV AAC ASF it M4A mod MPEG NSV RMI stz WMA AIF AU itz mdz MP1 MPG OGG s3m ult WMV AIFF AVI KAR MID MP2 mtm okt s3z VLB xm amf CDA M2V MIDI MP3 NSA pls SND VOC xmz

Skins e plugins

Se não bastasse já as muitas facilidades do Winamp, o software ainda contava com dezenas de milhares de skins e plugins.

Os plugins da versão 2 davam ao software uma cor nova, mas sem alterar completamente o visual, já na 5, a interface era completamente redesenhada, não lembrando em nada o visual original. Abaixo uma pequena galeria de alguns plugins:

Próximo Anterior

Próximo Anterior

Como está hoje o Winanp

A webpage continua acessível, com links para download e uma promessa de retorno de nossa tão querida Lhama..

Ainda dá pra baixar o Winamp?

Sim, é possível. Na pagina do Winamp há link para o forum onde é possivel efetuar os Downloads. Para agilizar, segue:

http://forums.winamp.com/showthread.php?t=374929#download

O que significa aquela frase de abertura do Winamp?

Ao abrir o Winamp nos deparávamos com a frase: “Winamp, it really whips the llama’s ass”. Não encontrei um real significado desta frase, se você souber comenta, ma sem uma tradução livre seria algo como “Winamp, realmente chicoteia a bunda do lama”

Winamp Intro     

Links interessantes:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Winamp

https://www.softonic.com.br/artigos/winamp-fim

https://tecnologia.uol.com.br/dicas/software/windows/2009/03/11/ult6046u25.jhtm

http://forums.winamp.com/showthread.php?t=374929#download

 

E ai, sente falta do Winamp? esqueci alguma informação importante? Quer ver mais posts deste tipo? Comenta ai!

Ah.. e não esqueça de compartilhar nas redes sociais! abraço a todos.

Sobre Diego Duarte

Diego Duarte Atua como coordenador de NOC, toca um violãozinho nas horas vagas e tenta eternamente entender o que o fez escolher TI

Veja também!

Então você quer ser gerente. Será mesmo um bom negócio?

Saudações a todos, Achei bastante interessante este texto do Franklin Valadares, do Runrun.it. Abaixo o …

Um comentário

  1. Fellyppe Lima

    Foi no fundo do baú… até hoje uso o Winamp e volta e meia vejo alguém “da nossa época” que ainda o utiliza. Levezinho e com funções bacanas bem na cara do usuário (sempre mexia no equalizador e fazia playlists bem facinho). Foi bom relembrar o passado e conhecer um pouco da história deste programa (aplicativo é muito moderninho), parabéns.

Este artigo lhe foi útil? comente e ajude outros acrescentando seu ponto de vista!