quinta-feira, setembro 21, 2017
Home » Artigos » Identificando se o volume está sujo

Identificando se o volume está sujo

Neste Tutorial iremos mostrar como utilizar a ferramenta “FSUTIL” para descobrir se a partição está corrompida, ou seja, possui bits sujos (dirty).

 

Solução

Executaremos o Fsutil com o parâmetro dirty query para identificar se a partição está suja, entretanto existem outros parâmetros que não serão abordados neste artigo mas que são de extrema importância.
Apenas uma prova do poder de fogo do FSUTIL – para exemplificar a utilidade desta ferramenta
podemos criar um arquivo, escolher o tamanho e extensão, neste exemplo iremos criar um arquivo com a extensão log, com o tamanho de 1GB. Execute o CMD como Administrador > fsutil file createnew c:\log\file.log 1073741824

Voltando ao foco do artigo, segue os parâmetros do fsutil
 FSUTIL
Algumas explicações a serem comentadas:
  • Bit incorreto do volume indica que o sistema de arquivos pode estar em um estado inconsistente. O bit pode ser definido porque:
  • O volume está on-line e possui alterações pendentes.
  • Foram feitas alterações no volume e o computador foi desligado antes que as alterações foram confirmadas no disco.
  • Corrupção foi detectada no volume.
  • Se o bit é definido quando o computador for reiniciado, chkdsk é executado para verificar a integridade do sistema de arquivos e tenta corrigir quaisquer problemas com o volume.
Iremos descobrir se o volume está corrompido antes de executar o chkdsk (ferramenta que verifica o sistema de arquivos e metadados do sistema de arquivo de um volume para erros lógicos e físicos).

Quando o bit incorreto do volume está definido, o autochk verificará automaticamente o volume para erros na próxima vez que o computador for reiniciado.

Após executarmos o comando fsutil dirty query c: é informado que o volume está sujo (dirty), ou seja, possui bits incorretos.

WS2K8R2STD-ERROII_7-1-16

Para corrigirmos é necessário executarmos no volume o chkdsk /f /x, lembre-se que após terminar o chkdsk, devemos executar novamente o comando fsutil dirty query c: para validarmos se o volume foi limpo.

FSUTIL_NotDirty

 

Conclusão

Neste Tutorial mostramos como utilizar a ferramenta FSUTIL para descobrir se o volume está sujo.

Sobre Rafael Bandeira de Oliveira

Rafael Bandeira de Oliveira, tem mais de 10 anos de experiência na área de TI, tendo atuado com suporte técnico e infraestrutura. Contribuo com a Comunidade Microsoft escrevendo artigos e tutoriais no AndersonPatricio.org, PuraInfo e no meu perfil no linkedin. Possuo as seguintes certificações: ITIL Foundation, MCP, ISO 2000 (Exin), Cloud Computing Foundation (Exin), ISO 27002 (Exin) com essas certificações da Exin + ITIL obtive o título de EXIN Certified Integrator Secure Cloud Services. Atualmente é Analista de Infraestrutura Sênior Microsoft.

Veja também!

Corrijindo o problema de sincronização do relógio em computadores com dual boot

Neste artigo abordamos a solução de computadores dual boot onde se perde a data e a hora

Este artigo lhe foi útil? comente e ajude outros acrescentando seu ponto de vista!