terça-feira, setembro 19, 2017
Home » Artigos » Entrei na nuvem, e agora? Estudo revela desafios das empresas em cloud

Entrei na nuvem, e agora? Estudo revela desafios das empresas em cloud

Pesquisa anual de Cloud Computing da CompTIA mostra que embora mais de 90% das empresas já estejam na nuvem, a subida não é fácil

Uma nova pesquisa sobre uso corporativo de Cloud Computing, divulgada pela CompTIA, associação da indústria da tecnologia da  informação, revela que mais de 90% das empresas dos EUA estão usando alguma forma de cloud computing, indicando que a nuvem tornou-se de fato parte fundamental da nova TI.

O estudo, chamado FifthAnnualTrends in Cloud Computing, também constatou que mais empresas estão contando com a computação na nuvem para processos de negócios diários: 59% para o armazenamento; 48% para continuidade de negócios e recuperação de desastres; e 44% para segurança.

Subida difícil

A pesquisa da CompTIA mostra no entanto que o caminho para as nuvens não é fácil. Segundo o estudo, 24% das empresas que adotaram cloud computing acabaram voltando para os sistemas locais após um período. E mesmo os usuários que evoluíram da fase de “experimentação” para adotar aplicativos mais avançados, também enfrentam desafios posteriores.

A pesquisa indica que os desafios maiores aparecem depois dos primeiros estágios da adoção e se amplificam radicalmente na medida em que as companhias se aprofundam nas etapas do projeto. “Isto pode ser surpresa para algumas empresas que imaginavam que os obstáculos maiores seriam na migração inicial e na integração”, diz Marco Carvalho, agente da CompTIA Brasil.

Enquanto 28% das empresas disseram que a transição da fase experimental para um primeiro estágio de uso exigiu esforço significativo, 63% das companhias que completaram a transformação total da TI garantem que a transição final é a que apresenta o esforço mais significativo.

Integração é desafio

“A maior parte do custo e esforço para qualquer projeto de TI normalmente é consumido pela integração e isso não é diferente na computação em nuvem”, diz Carvalho. “A integração cloud pode ser ainda mais desafiadora, pois requer web APIs que podem ser desconhecidas pela equipe técnica.

Segundo o executivo, “a integração pode ser ainda mais complicada por linhas de negócios, que utilizam aplicativos próprios que podem não se adequar ao sistema como um todo.”

Mas o esforço compensa, dizem os usuários que participaram da pesquisa, relatando ampla gama de benefícios da computação em nuvem, liderada pela capacidade de cortar custos.

Segunda migração

Outro indicador de que as empresas estão expandindo sua dependência na nuvem é evidenciado pelo número de companhias fazendo migrações secundárias no modelo Cloud. As razões para essas migrações secundárias variam. Os usuários podem estar em busca de melhores ofertas e recursos, maior segurança, menor custo ou um desejo de padrões abertos.

Segundo o documento da CompTIA, 44% das empresas dizem que mudaram infraestrutura ou aplicativos de uma nuvem pública para outra e 25% mudaram de uma nuvem pública para uma nuvem privada, enquanto que 24% voltaram da uma nuvem pública para um sistema local.

“O argumento principal de todo este movimento, é que não há um modelo único como resposta para cada carga de trabalho”, concluiu Carvalho. “As empresas estarão utilizando todo o tipo de sistema a medida que encontram a abordagem multi-cloud que funciona para eles.”

Sobre o estudo

O estudo CompTIA FifthAnnualTrends in Cloud Computing é baseado em pesquisas online realizadas com 400 profissionais de TI e negócios dos EUA que estão envolvidos em processos de tomada de decisão nas organizações em que trabalham; e 400 executivos de empresas de TI americanas. O estudo foi realizado entre os meses de junho e julho de 2014.

Para acessar o estudo completo use o link http://www.comptia.org/resources/5th-annual-trends-in-cloud-computing

A CompTIA é a voz da indústria de TIC do mundo. Seus membros são as empresas que estão na vanguarda da inovação e os profissionais responsáveis por maximizar os benefícios que as organizações recebem por seus investimentos em tecnologia. A CompTIA é dedicada na promoção do crescimento da indústria por meio de seus programas educacionais, pesquisa de mercado, eventos de networking, certificações profissionais e defesa de políticas públicas.

Créditos: http://idgnow.com.br/ti-corporativa/2014/11/05/entrei-na-nuvem-e-agora-estudo-revela-desafios-das-empresas-em-cloud/

Sobre Diego Duarte

Diego Duarte Atua como coordenador de NOC, toca um violãozinho nas horas vagas e tenta eternamente entender o que o fez escolher TI

Veja também!

Entrevista com Rafael Bernardes sobre Cloud Computing, Azure e o Mercado

Olá Pessoal! Segue entrevista que realizei com Rafael Bernardes MVP da Microsoft, fundador do portal …

Este artigo lhe foi útil? comente e ajude outros acrescentando seu ponto de vista!