terça-feira, novembro 21, 2017
Breaking News
Home » Artigos » As 10 melhores maneiras de sobreviver no seu emprego chato

As 10 melhores maneiras de sobreviver no seu emprego chato

Saudações leitores, embora o texto não esteja ligado diretamente com TI, acho que pode ser útil a todos nós.. boa leitura

do Gizmodo Brasilde Marina Val

Seu emprego é uma droga e por qualquer que seja o motivo você não pode sair. Ao mesmo tempo, se você não sair você muito provavelmente irá enlouquecer. O que você pode fazer sobre isso? Eis aqui as nossas 10 estratégias favoritas.

 

10. Coloque as coisas em perspectiva

Hoje é apenas um dia da sua vida. A menos que você vá morrer em breve, provavelmente não irá ser grande coisa daqui a algum tempo. Provavelmente você nem irá lembrar dele daqui a uma semana. Isso não quer dizer que você não deva prestar atenção no que você realmente se importa, mas você não deve ficar obcecado por isso também, se concentrando em ver o tempo passar. Você tem comida, um lugar para morar, e até mesmo algo para fazer na maior parte do tempo. Foque nas coisas boas, e lembre que o resto será uma memória distante em breve. Passar o seu tempo resmungando pra você mesmo (e para os outros) sobre quão ruim é o seu trabalho não irá resolver o problema. Não faça isso, e mantenha o foco no lado positivo.

9. Leve um pouco de você para o trabalho

Supostamente você já faz isso no sentido físico, mas se você tem um lado criativo ou outros interesses isso pode tornar o seu trabalho mais divertido se você encontrar maneiras de integrá-los. Uma das minhas principais funções em um emprego que tive há muito tempo envolvia colocar o endereço em catálogos em nome de uma escola de propaganda. Eu tornei isso mais divertido ilustrando os envelopes baseado no nome da pessoa. Em dado momento algumas pessoas ligaram porque gostaram e eu recebi alguns trabalhos de design. Em outro emprego nós tínhamos que aprender a usar um novo produto que a empresa adquiriu que fazia slideshows online basicamente. Eu escrevi uma música sobre um utensílio de cozinha garanhão que finalmente encontrou a mulher (ou, bem, objeto inanimado “fêmea”) dos seus sonhos, juntei algumas fotos de objetos de casa, e juntei tudo em um clipe musical em stop motion, usando a ferramenta nova. E tudo isso foi feito em espanhol traduzido pelo Google. Sempre que o meu emprego me botava para baixo, seja porque ou ele era chato, ou simplesmente porque eu precisava de algo para quebrar a monotonia, eu tentava levar algo que eu curtia para o trabalho. Obviamente isso consome mais tempo, mas todas as pequenas coisas estranhas que eu fiz nesses empregos são as minhas memórias favoritas. Apesar de nem todo trabalho permitir que você exponha a sua personalidade (potencialmente estranha), eu realmente recomendo que você o faça se encontrar uma maneira. Nada alegrava mais o dia.

 

8. Cuidado com os as pequenas coisas que vão acumulando

Dias ruins normalmente ocorrem quando um número de pequenas frustações acontece em sequência. Sozinhas elas podem não ser um grande problema e você acaba esquecendo-se delas, mas juntas elas fazem você acreditar que o universo está conspirando contra você. Isso é conhecido como “false start”, e normalmente é a raiz dos dias ruins. Quando as coisas parecem estar piores do que o normal, olhe para trás e pense no que aconteceu. Você não é tão importante que um dia inteiro foi reservado para te fazer infeliz. Disseque cada momento, perceba como está sendo ridículo, e tire sarro de si mesmo quando você puder. Se você puder olhar para a situação realisticamente, você às vezes pode parar um dia ruim em potencial antes que ele comece.

 

7. Seja Saudável
Foto por Linda Åslund

Corpo e mente balanceados fazem uma grande diferença quando se fala de tudo que você faz – mesmo as coisas que você não gosta. A ideia não é simplesmente se tornar uma pessoa musculosa que odeia o próprio trabalho, mas permitir que as suas necessidades físicas e mentais tenham prioridade acima de praticamente todo o resto. Para começar, decida quando você irá dormir à noite (pode ser uma janela de horários, não uma hora exata) e siga isso. Encontre algum exercício que você possa e irá fazer 3~4 vezes por semana e realmente faça. Não importa quão mínimo seja. Comece a fazer comida barata e saudável. Reserve algum tempo todo dia para apenas relaxar e não fazer nada. Programe tudo se você precisar, mas assegure-se que o seu emprego não irá atrapalhar o seu bem-estar. Se você já não gosta dele, negligenciar a sua saúde irá torna-lo muito, muito pior.

 

6. Bloqueie conversas negativas
Foto por Erich Ferdinand

Reclamar do seu trabalho pode ser divertido porque parece catártico, mas ficar falando das suas frustrações só irá aumentar a sua raiva. Se essa negatividade se espalhar para os seus colegas de trabalho você pode piorar o problema ao criar uma mentalidade de colmeia, ou pelo menos deixar todo mundo mais frustrado no final. Se você não quer reprimir seus sentimentos e arriscar explodir um dia, você não tem que encarar tudo de forma negativa. Ao invés de reclamar, considere soluções. Tente encontrar maneiras de melhorar as coisas. Se você não pode mudar a maneira que as coisas funcionam no escritório, considere maneiras que podem ajudar com que você lide com esses problemas. Ser mais proativo e menos negativo pode não resolver tudo, mas pode melhorar a sua situação.

 

5. Aceite um corte salarial
Foto por Mark Samson

Sério. Aceite um corte salarial e ganhe mais flexibilidade no trabalho em troca. Aparentemente muitos não se importariam com essa opção, e a sua empresa provavelmente iria adorar pagar menos para você. Se você quiser diminuir sua carga horária, trabalhar de casa em algumas ocasiões, ou ganhar algum outro benefício que seja importante para você, troque por um corte salarial. Você pode conseguir o que quer, e esse benefício pode te deixar muito mais feliz do que o dinheiro.

 

 

4. Conviva bem com os seus colegas de trabalho

Quando você odeia o seu trabalho, é fácil não querer se envolver com os seus colegas. Fazer isso significa criar laços, e você não quer se sentir ligado a nenhum tipo de trabalho que esteja destruindo a sua vida. Dito isto, se você tiver amigos no trabalho você terá pessoas para te deixar menos triste. E também, de acordo com um estudo, você pode até mesmo viver mais. Mesmo se você não achar que irá se dar bem com algumas pessoas do seu trabalho, tente. Se não funcionar, você sempre pode tentar voltar a ser solitário.

 

 

 

 

3. Encontre equilíbrio

Encontrar equilíbrio é algo que é mais fácil falar do que fazer, mas pequenas mudanças estratégicas podem fazer uma grande diferença. Às vezes não é o trabalho que você faz que é terrível, mas é que ele está consumindo a sua vida. Ao invés de encontrar um novo emprego e acabar na mesma situação de novo, permaneça no seu emprego atual e preste atenção nas pequenas coisas. Tome nota dos pequenos momentos que te deixam feliz e aqueles que te deixam muito infeliz. Tente remover os detalhes que você odeia e troque por mais detalhes que você goste. Grandes decisões podem ser agradáveis por um curto período de tempo, mas se você nunca resolver os pequenos problemas e negligenciar aproveitar os pequenos momentos de felicidade, a história fatalmente irá se repetir.

 

2. Aprenda a lidar com o seu chefe maluco
Foto por Shutterstock

Se o trabalho é uma droga, há alguma chance do seu chefe ter alguma coisa a ver com isso. Mas você pode aprender a lidar. Uma maneira de lidar com a insanidade do seu chefe é criar um distanciamento. Por exemplo, veja se você  pode ter suas tarefas filtradas através de outra pessoa. Você pode também querer manter um diário das loucuras e ter tudo que você puder por escrito para que se as coisas um dia acabem tão mal que você precise ir ao setor de recursos humanos você estará preparado. Apenas assegure-se de não querer competir com a loucura do seu chefe, porque ele provavelmente é melhor nisso do que você. Para mais detalhes, leia isso.

 

1. Simplesmente peça demissão
Foto por Powderruns

Se você está realmente prestes a explodir e não há nenhuma maneira de aguentar mais tempo, você precisa criar um plano de demissão. Sim, você acha que tem que ficar para pagar o seu aluguel, e sim, você acha que nunca irá conseguir outro emprego do jeito que o mercado está. Economize dinheiro suficiente para sobreviver por pelo menos um mês e então você precisa sair. Você pode pegar alguns dias para relaxar e se recompor, e então você terá o resto do mês para encontrar outro lugar para trabalhar. Não há nada que motive mais do que a ameaça de ficar sem teto. Além disso, você terá todas essas horas de trabalho para encontrar outro lugar para trabalhar. Com oito horas por dia, isso são (mais ou menos) 180 horas durante o mês. É bastante tempo. Se você for diligente e usar esse tempo com sabedoria, você será capaz de encontrar outra coisa.

 

Sobre Diego Duarte

Diego Duarte Atua como coordenador de NOC, toca um violãozinho nas horas vagas e tenta eternamente entender o que o fez escolher TI

Veja também!

Solarwinds – Criando um alerta de alta ou baixa utilização de porcentagem de transmissão de uma interface

Neste artigo iremos documentar o passo a passo para criar um alerta de alta utilização de uma interface no sistema de monitoramento Solarwinds Orion

Um comentário

  1. gabrielle

    gostei mais do ultimo

Este artigo lhe foi útil? comente e ajude outros acrescentando seu ponto de vista!